A Proposta

Amor e sexo sem tabus

Olá, meu nome é André Alves, autor do Vamos falar sobre sexo. Este é um site para discutir sobre relacionamentos, amores e sexualidades. Sim, tudo no plural, pois acredito que, como somos milhões de pessoas, não há uma forma única de se relacionar.

Sexo faz parte da nossa vida, o tempo todo, mas temos receio de falar, como se fosse um assunto proibido, um tabu… Mas não deveria ser. Quanto mais a gente fala sobre, menos bicho de sete cabeças ele parece.

Deveríamos, então, falar disso com mais naturalidade. Para a gente entender, por exemplo, que nossos segredos mais íntimos  são os mesmos de tanta gente que conhecemos e de uma infinidade de desconhecidos.

Minha perspectiva, ao falar de sexo, é a de um jornalista que há alguns anos vem pesquisando sobre o tema, assistindo documentários, palestras, lendo livros, entrevistando e conversando com pessoas sobre suas formas de relacionar, seus tabus, suas vivências, seus tesões.

Apesar disso, neste espaço, ao falar sobre sexo não estou propondo apresentar pornografia, embora, muito naturalmente, venha ser um tema de um ou outro artigo. Para quem busca material mais explícito recomendo que use o Google ou qualquer outro mecanismo de busca, ou ainda vá para o seu site predileto para este tipo de assunto.

Também não é um site para dar dicas sobre como “conquistar o(a) gato(a) deste ou aquele signo” ou “sete formas infalíveis de ter um orgasmo inesquecível”. Para isso há diversos endereços com essa proposta, mas eu, de forma muito franca, devo dizer que não acredito muito nessas práticas, já que cada pessoa é uma e deve encontrar a sua forma de lidar com seus relacionamentos da forma mais franca possível…

A vivência é a melhor técnica que conheço.

Também não sou psicólogo, sexólogo ou qualquer profissão importante de acompanhamento ou terapia nessa área. Minha formação é no jornalismo, com especialização em Antropologia – com um gosto muito grande pela literatura. E é sobre essa ótica que me proponho a falar.

Mas, por fim, não quero que seja um monólogo, já que que a proposta é “conversar” sobre sexo.

Quando o assunto é sexo, de boca em boca é mais gostoso.

Sinta-se à vontade para comentar nos textos ou para falar diretamente comigo pelo messenger clicando aqui.

Quanto mais a gente fala, mais natural fica.

Referências bibliográficas em eterna (ou enquanto eu viver) expansão:

A Arte de Pedir (Amanda Palmer)

A cama na varanda (Regina Navarro Lins)

A filosofia da adúltera (Luiz Felipe Pondé)

A filosofia explica grandes questões da humanidade (Clóvis de Barros Filho e Júlio Pompeu)

Além de dois existem mais: estudo antropológico sobre poliamor em Brasília/DF, Matheus Gonçalves França

Agonia do Eros – Byung-Chul Han

A vida sexual da mulher feia (Claudia Tajes)

Amar e ser livre (Sri Prem Baba)

Amor Líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos (Zygmunt Bauman)

Casos e casos: Repensando a infidelidade (Esther Perel)

Cartas a um jovem terapeuta (Contardo Calligaris)

Cléo e Daniel (Roberto Freire)

Como pensar mais sobre sexo (Alain de Botton)

Dom Casmurro (Machado de Assis)

E se eu fosse puta… (Amara Moira)

Filha, Mãe, Avó e Puta (Gabriela Leite)

Kama Sutra de Vatsyayana, introdução Richard Burton

Memória de minhas putas tristes (Gabriel Garcia Marquez)

Meu amigo quer saber… tudo sobre sexo, Laura Müller

Mitologias (Roland Barhtes)

Nas Redes do Sexo – Os bastidores do pornô brasileiro (María Elvira Díaz-Benitez)

Novas Formas de Amar (Regina Navarro Lins)

O amor nos tempos do capitalismo (Eva Illous)

O Livro Proibido do Sexo – Márcia Kedouk

Putafeminista (Monique Prada)

Relacionamentos para Leigos – Frederico Mattos

Relações Livres – uma introdução (Marcos Rodrigues – Roselita Campos – Rosana Seber – Marcelo Soares – Regina Faria)

Se Eu Fosse Você… – Uma reflexão sobre as experiências amorosas (Regina Navarro Lins)

Sem tesão não há solução (Roberto Freire)

Sexo no Cativeiro: como manter a paixão nos relacionamentos (Esther Perel)